REBLOG -
"Só que aí eu acabei mudando. E foi mudança aos poucos, porque até hoje me dou conta de coisas minhas que já não estão mais lá e, quem roubou, eu jamais vou saber. O sorriso mudou e a vontade de sorrir pra qualquer pessoa também, graças a Deus. Foi por sorrir tanto de graça que eu paguei tão caro por todas as coisas que me aconteceram. Às vezes me pego olhando ao meu redor e vendo tanta menina parecida comigo. Tanto sentimento gritando de bocas caladas e escorrendo de peles secas. Tanta coisa acontece com a gente. Tanta gente passa pela gente, mas tão pouca gente realmente fica. E eu sei que, talvez, eu tivesse que ficar triste. Talvez eu tivesse que continuar secando lágrimas, abraçando o vento e rindo no vácuo, mas o fato é que eu não consigo. Eu não consigo mais ser triste só para mostrar que um dia eu fui - ou achei que tivesse sido - feliz. Aprendi com os meus próprios erros que sofrer não torna mais poético, chorar não deixa mais aliviado e implorar não traz ninguém de volta. Aprendi também que por mais que você queira muito alguém, ninguém vale tanto a pena a ponto de você deixar de se querer. Eu que gritei para tantas pessoas ficarem, hoje só quero mesmo é que elas sumam de uma vez por todas. E em silêncio, que é pra ninguém ter porque se lamentar."
× Tati Bernardi. (via querido—john)
"Na maioria das vezes, as coisas realmente bonitas e importantes acontecem em uma segunda-feira. Ou, quem sabe, às 18:37 de uma quarta preguiçosa. Quem sabe ainda, em plena manhã de sábado, aquela que costumávamos passar dormindo. Na maioria das vezes, as melhores palavras estão longe de serem ensaiadas e os momentos mais marcantes não têm data escolhida. Simplesmente, acontecem. Assim como um fruto que cai de repente da árvore e que, por isso, pode acertar nossa cabeça ou levar-nos à descoberta da gravidade. As coisas que valem à pena, geralmente, não têm hora marcada, plano ou roteiro, são espontâneas e, ainda por cima, de graça. Guarde isso: Os melhores momentos são aqueles que, se te perguntam a hora, você não se lembra, mas, em compensação, lembra de cada segundo."
× Rio doce.   (via estopins)
"Espero que você me perdoe. Nem sempre sei como agir. Às vezes machuco com o que deixo de dizer ou com aquela palavra que sai apressada pela boca. Espero que você me aceite. Não consigo ser melhor em tudo, mas faço o que está ao meu alcance. Espero que você me compreenda. Às vezes tenho preguiça ou falta de vontade. Me desculpe por ser assim. Espero que você me acolha. Não gosto de admitir, mas sou sensível ao extremo e cheia de fraquezas e fragilidades. Espero que você me admire."
× Clarissa Corrêa.  (via d-engoso)
"

Apesar de hoje conseguir compreender a transitoriedade da vida, perder alguém que a gente ama pra morte continua sendo uma dor inenarrável. Aprendi, da pior maneira possível, que o amor ensina, mas que a dor tem a capacidade de mudar um individuo de tal forma que me assusta. A um ano e oito meses atras perdi meu pai e hoje minha amada avó, e eu sei que essa tristeza até ameniza com o tempo, mas que não passa, nunca!

O que me conforta é ter a certeza que vocês estão juntos agora, e que você Vó foi recebida pelos anjos com muita alegria, pois foi um exemplo de pessoa, mãe, avó… alguém de uma alma infinitamente elevada! Sou imensamente agradecida a Deus pelo privilegio de ter tido vocês na minha vida, e poder ter vocês eternamente em meu coração, amo vocês, obrigada por tudo!

"
× Bianca Artico
"Uma vez li um texto que nas suas poucas linhas, o autor explicava a sua vontade de ser frio, de não se importar com nada e só valorizar a si próprio. Mas aí depois fiquei pensando se vale mesmo a pena “ser frio”. Será que é válido ter a honra de acordar mais um dia e não ter sensibilidade para vivê-lo? De que vale ter coração e não sentir nada? Ou até mesmo ter olhos para ver, mas não ter beleza na alma para enxergar? De que adianta está sem vida por dentro? É necessário sentir, mesmo que o quê você sinta não seja tão bom assim. Cheguei a conclusão que o bonito mesmo é essa coisa de ter coração."
× Motivando.  (via motivando)
"Adoro essa sua cara de sono e o timbre da sua voz que fica me dizendo coisas tão malucas e que quase me mata de rir quando tenta me convencer que eu só fiquei aqui porque nós dois somos iguais. Até parece que você já tinha, o meu manual de instruções porque você decifra os meus sonhos, porque você sabe o que eu gosto e porque quando você me abraça o mundo gira devagar."
× Pitty (via borboletaemmetamorfose)
"Falando sério, tenho andado bastante sozinho, sobretudo ultimamente. É um tempo de agitações, de ímpetos de impaciência, ansiedade e mau humor. Contando com a resolução das coisas, que chegue logo um futuro que sei que virá, sabendo que nada mais depende de alguma ação minha. Só da minha habilidade em esperar. E isso me lembra que não há mais com quem contar, além do tempo. Que ando meio sozinho e assim eu quis, de certa forma."
× Gabito Nunes.  (via re-flor-ar)
"Me recordei rapidamente de todas as pessoas e coisas que perdi por ainda não estar preparada para elas, ou por ainda ter muita curiosidade de mundo e dificuldade em ser permanente. Recordei de amigos e parentes distantes, aqueles que eu sempre deixo pra depois porque moram muito longe ou acabaram se tornando pessoas muito diferentes de mim, sempre penso “mês que vem faço contato com eles”. E se não tiver mês que vem?"
× Tati Bernardi (via re-flor-ar)
Lembranças
"O propósito da vida, é o amadurecimento da alma."